POR TODA A PARTE PORTUGAL É CONSIDERADO UM DOS PAÍSES MAIS BONITOS DO MUNDO

Author: Pas de commentaire Share:

Aí está a terceira edição bilingue da SELETIVA, com novos e atrativos temas que o vai deixar boquiaberto. Desta avez não ficamos maioritariamente em Portugal, também abordamos a Suíça. Até 15 de Junho ainda pode comprar esta incrível revista nos quiosque mais importantes da Suíça. Entre inúmeros temas destacamos os seguintes:

Faro

Capital do Algarve
São mais de 1000 anos de história contada pelas nossas ruas e lugares e testemunhada por um património histórico e natural único.
Faro é uma cidade com passado que sabe viver o presente.
Enquanto capital, dispõe de todas as infraestruturas e serviços que a tornam um excelente local para viver e visitar.
Estar em Faro é conviver com o melhor de 2 mundos.
É viver entre o barrocal e a Ria Formosa.
Entre a terra e o mar…

 

SERRALVES

Sobre Serralves:

O Museu de Serralves é o mais importante museu de arte contemporânea em Portugal, situado nos espaços únicos da Fundação de Serralves, que incluem um Parque e uma mansão. Através da sua Coleção, de exposições temporárias, programas educativos, espetáculos de música, dança e performance, da sua atividade editorial e de parcerias, a nível nacional e internacional, o Museu promove a fruição e a compreensão da arte e da cultura contemporâneas. A apresentação a públicos diversificados da obra dos mais conceituados artistas dos nossos dias, o reforço dos laços com a comunidade local e a promoção da reflexão em torno das relações entre a arte e o ambiente, intrínsecas ao contexto de Serralves, são atividades nucleares inerentes à missão do Museu.

 

FÊTE DES VIGNERONS

Para melhor conhecermos a prestigiadíssima Fête des Vignerons que se realiza em Vevey, entre os dias 18 de Julho e 11 de Agosto, nada melhor do entrevistarmos a sua diretora de comunicação e marketing, Maria José Valente.

1) Pode–nos contar sucintamente a história secular da Fête des Vignerons, organizada pela Confrérie des Vignerons de Vevey?

A Fête des Vignerons (festa dos viticultores) é muito mais do que um espetáculo, é um património, uma tradição viva que se passa de geração em geração,desde o século XVIII. Essa manifestação grandiosa e fora do comum, juntando tradição e modernidade, unifica toda uma região que vai de Lausanne até o Chablais vaudois. A Fête des Vignerons é a primeira tradição suíça inscrita no Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO desde Dezembro 2016.

Uma só festa por geração!…

 

SONY DSC

À PROCURA DAS ORIGENS DA CIDADE DE GENÈVE…

Fomos visitar a parte velha da cidade para conhecermos as origens de Genève.  Saímos da Estação de Caminhos-de-ferro (Gare), optamos por passar pelo Oficce de Tourisme de Genève, próximo da Estação. Tomamos o caminho para a Place de Bel-Air, atravessando uma pequena ponte desta praça, onde até aproveitamos para tirar fotografias ao conhecidíssimo jato de água («jet d’eau»). Atravessando a Place de Bel-Air fomos dar de caras com a Fontaine de L’Escalade, ao lado da Confédération Suisse, embora esta quase não se veja do local onde ficamos. O fontenário é uma homenagem à celebríssima Escalade, um acontecimento que marcou para sempre a cidade. Atualmente, entre as inúmeras festas comemorativas,  conta-se a famosa corrida da Escalade (Course de l’Escalade, www.escalade.ch), a qual este ano se realiza nos dias 29 de dezembro  e 1 de dezembro de 2019, sendo fortemente candidata a novo recorde de participação.

A história reporta a 1602, na noite de 11 a 12 de dezembro, as tropas do duque de Savoie, Charles-Emmanuel I, compostas por 2.000 soldados (o duque projetava fazer de Genève a sua capital a norte dos Alpes e lutar contra o calvinismo com o apoio do Papa Clemente VIII, apesar de uma paz jurada e rejurada), chegadas ao Planpalais, escalam de surpresa as muralhas que circundam a cidade de Genève. O alarme é dado às 2h30 por uma sentinela. Os sinos da catedral tocam fortemente. Os cidadãos possuídos de enorme coragem e de alabardas saem para defender a cidade ao lado da milícia burguesa e dos soldados. As mulheres também incorporam esta defesa, havendo duas que se tornam mais conhecidas: Catherine Cheynet e Jeanne Piaget. Todos os meios eram bons para conter o inimigo. Muitas histórias sublinham também a coragem de Mère Royaume que escaldou os assaltantes com um pote de sopa que estava a preparar. Em sua homenagem, desde 1881, as marmitas de chocolate, decoradas com a crista de Genève, são vendidas todos os anos por esta altura.

Mas os savoyardes poderiam ter ganho esta batalha se tivessem conseguido destruir, segundo os seus planos, a porta de Neuve (porta da cidade), de acordo com vários relatos à época. Mas Isaac Mercier, apercebendo-se das manobras dos savoyardes e do trabalho executado para explodir a grade de ferro, corta a corda que a retém, acabando com as esperanças dos inimigos…

 

 

Portugal Open – 4ª edição – (Cantão do Valais – Suíça)

O Portugal Open é um evento cultural que tem como objetivo primeiro, proporcionar aos alunos, encarregados de educação e a todos os participantes, momentos únicos em que se celebra Portugal, a nossa cultura, a nossa história, o nosso povo.

É organizado pela Associação de pais dos alunos da escola portuguesa da região de Sierre e Valais – (APSV) e outros colaboradores, sendo formada uma comissão organizadora, da qual faço parte há três anos.

A meu ver, uma associação de pais tem o importante papel de proporcionar à comunidade escolar da sua área um leque de oportunidades, de mais-valias para os seus associados e alunos em geral, sendo um complemento ao trabalho dos docentes, ajudando a aumentar a motivação para a frequência dos cursos, e sendo uma ajuda na promoção do conhecimento sobre o nosso país. É um trabalho contínuo de parceria com os professores, a Coordenação do ensino, os alunos e os seus familiares. É por tudo isto, que eu tenho colaborado com a associação, pois considero importante o trabalho que tenho ajudado a realizar ao longo dos últimos três anos. Para além do grande evento, realizam outras atividades igualmente relevantes para os alunos e para a comunidade.

O evento Portugal Open vai na sua 4ª edição. Um longo caminho tem sido percorrido, tendo passado pelo Valais grandes nomes da literatura, da música, da televisão, personalidades de várias áreas, entre outros.

Este ano o Património Português foi rei! Viajamos pelo nosso país, conhecendo e explorando o que de tão valioso os nossos antepassados nos deixaram como herança…

 

Previous Article

Mesmo em tempo de férias, a pensar em si, produzimos a quinta edição bilingue da revista SELETIVA

Next Article

DUAS PRINCESAS PORTUGUESAS INUMADAS NA CAPELA DE PORTUGAL

You may also like